INFORMAR Notícias Guimarães não passa à shortlist
Comissão Europeia felicita Guimarães pela qualidade do trabalho realizado na candidatura a Capital Verde Europeia
18 Abr 2018
Apesar de Guimarães não ter entrado na shortlist de cidades finalistas ao título de Capital Verde Europeia 2020, Daniel Calleja, Diretor Geral para o Ambiente da Comissão Europeia, escreve missiva a Domingos Bragança, felicitando Guimarães pelo excelente trabalho realizado.

Em carta enviada a Domingos Bragança, Presidente da Câmara Municipal de Guimarães, Daniel Calleja, Diretor Geral para o Ambiente da Comissão Europeia, felicita Guimarães pela qualidade da candidatura submetida a Bruxelas para o título de Capital Verde Europeia 2020. Na missiva, Calleja refere que alguns exemplos de excelência contidos na candidatura de Guimarães serão incluídos na lista de boas práticas da Comissão Europeia, ficando disponíveis no website da Capital Verde Europeia. Daniel Calleja fez também votos para que, no futuro, Guimarães submeta nova candidatura.

A lista de cidades finalistas ao título de Capital Verde Europeia 2020 foi conhecida ao final da manhã desta quarta-feira, 18 de abril, estando indicadas as cidades de Ghent (Béligica), Lahti (Finlândia) e Lisboa (Portugal). Minutos após a publicação do resultado do júri independente de especialistas que analisou as candidaturas, Domingos Bragança, Presidente da Câmara, reagiu em comunicado:
“Na sua primeira candidatura a Capital Verde Europeia, Guimarães não foi selecionada para a avaliação final, que terá lugar em junho, na Holanda, onde estará presente Lisboa, representante portuguesa que concorre pela quarta vez a quem, desde já, felicitamos e desejamos o maior sucesso na fase final. Orgulhosos do trabalho feito e dos resultados já conquistados, vamos intensificar o nosso esforço e o nosso trabalho para apresentar uma nova candidatura, convictos da forte esperança que temos para aspirar a ser Capital Verde Europeia. Convoco todos os Vimaranenses para trilharem este caminho do desenvolvimento sustentável, na certeza que a força que emana da nossa comunidade será o garante do sucesso que desejamos conquistar”.

A cidade vencedora será conhecida no próximo dia 21 de junho, em Nijmegen, cidade holandesa que é a atual Capital Verde Europeia, cerimónia para a qual está convidado o Presidente da Câmara Municipal de Guimarães, Domingos Bragança.