INFORMAR Notícias Estrutura de Missão - Guimarães 2030
Conselho Executivo analisou 1º semestre deste ano
31 Jul 2020
Decorreu, esta sexta-feira, no Laboratório da Paisagem, mais uma reunião do Conselho Executivo da Estrutura de Missão - Guimarães 2030. A sessão, presidida pelo presidente da Câmara Municipal de Guimarães e que juntou todo o executivo municipal, bem como os membros das universidade e instituições de ensino superior parceiras, procurou realizar o balanço do primeiro semestre de 2020 dos trabalhos da Estrutura de Missão. A execução do Plano de Ação 2020-2021, já apresentado, e a análise de diversas candidaturas a financiamento realizadas, foram alguns dos temas da reunião.

O presidente da Câmara Municipal de Guimarães sublinhou o caminho que Guimarães tem realizado e de que “são a prova o Plano de Ação para o Desenvolvimento Sustentável e também as diversas candidaturas meritórias que têm sido desenvolvidas”. Domingos Bragança enalteceu “a importância do contínuo envolvimento de todos os parceiros e responsáveis”, desafiando as universidades e instituições parceiras a “continuarem a estar empenhadas neste processo, como até aqui”.

O reitor da Universidade do Minho, Rui Vieira de Castro enalteceu “todo o trabalho e empenho”, mostrando a “total disponibilidade da UMinho para continuar a ser parceira dos diferentes projetos integrados no Plano de Ação”. Também Alberto Baptista, pró-reitor da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, Delfina Soares, diretora da Universidade das Nações Unidas e Maria José Fernandes, presidente do Instituto Politécnico do Cávado e Ave, garantiram a vontade e desejo de continuarem a contribuir para o cumprimentos do Plano de Ação nas suas diferentes vertentes. Igualmente presente na sessão, António Cunha, Presidente do Gabinete de Crise para a Transição Económica, enalteceu a importância da “transição digital em sintonia com a sustentabilidade ambiental”.

Também a presidente do Laboratório da Paisagem e Vereadora do Ambiente, Sofia Ferreira, deu nota do “esforço que tem sido desenvolvido para integrar as diferentes instituições parceiras” nos projetos que visam “contribuir para o desenvolvimento sustentável de Guimarães”, congratulando “a equipa do Laboratório da Paisagem pela colaboração que tem tido no desenvolvimento dos projetos que estão em linha com os desígnios do município”.

A reunião contou, também, com a presença, por videoconferência, dos membros do Comité Externo de Aconselhamento, presidido pelo Ex-Prémio Nobel da Paz Mohan Munasinghe, e que integra personalidades como Jane Carruthers, professora especialista em história ambiental e Will Wynn, ex-Mayor de Austin, responsável pelas mudanças na área energética naquele estado americano. O comité mostrou-se “entusiasmado pelo trabalho, dedicação e pelos progressos que Guimarães tem vindo a fazer”, considerando que, numa altura em que se reconhece “que o mundo nunca mais será o mesmo e que os anos de 2022 e 2023 serão críticos”, por causa do atual contexto pandémico, “Guimarães demonstra estar a preparar-se para as mudanças que se adivinham”.

O Conselho Executivo teve ainda oportunidade de projetar o próximo semestre da Estrutura de Missão e todos os desafios e projetos que se concluirão até ao final do presente ano.