Plano de Ação para a Energia Sustentável

Guimarães aderiu ao Pacto de Autarcas em 2013 e aprovou e submeteu o Plano de Ação para a Energia Sustentável (PAES) em 2014, comprometendo-se a reduzir em 20% as emissões de CO2 até 2020. Em 2016, aquando da submissão do Relatório de Monitorização do PAES, Guimarães apresentou um consumo de energia de 1.800 GWh/ano. Apesar de ter alcançado já em 2014 as metas propostas para 2020, Guimarães apresenta ainda uma intensidade energética significativa, embora decrescente, associada aos elevados níveis de atividade económica e povoamento. Com um consumo energético per capita de 12 MWh/hab, inferior à média nacional de 16 MWh/hab, Guimarães reduziu o consumo de energia final entre 2008 e 2017 em 12%. Guimarães é atualmente signatário do Pacto dos Autarcas para a Energia e Clima, desde 2017, tendo já elaborado o respetivo Plano de Ação com medidas para o horizonte de 2030. O município encontra-se ainda a requalificar todo o sistema de iluminação pública do Concelho, substituindo a tecnologia existente por tecnologia LED em 37.000 luminárias até ao final de 2017.