INFORMAR Notícias 12ª REUNIÃO DO CONSELHO CONSULTIVO
Conselho Consultivo da Estrutura de Missão envolve todas as instituições do concelho
30 Out 2019
A 12ª sessão do Conselho Consultivo da Estrutura de Missão Guimarães 2030 decorreu esta terça-feira, 29 de outubro, no Laboratório da Paisagem, envolvendo 30 membros do Conselho Consultivo desta Estrutura. Em discussão estiveram as propostas elaboradas no cômputo geral das sessões anteriores, com temas como a pegada ecológica, os recursos hídricos, a reciclagem, a ciência cidadã, as alterações climáticas, a indústria, habitação, juntando instituições, empresas, associações não governamentais ou estudantes.

“O Conselho Consultivo tem 400 instituições e o que temos constatado é que são quase sempre as mesmas que participam. Isso é positivo, porque elas estão um passo à frente de todas as outras, mas também queremos que outras venham e participem”, realçou a coordenadora da Estrutura de Missão. Isabel Loureiro deu conta que “todos os relatórios produzidos no final de cada sessão, que contém os problemas identificados, resultam em ideias e propostas”. Essas propostas “são discutidas com o executivo municipal” e sublinha que “há alguns exemplos de propostas que foram tidas em consideração em projetos como O Ave para Todos”.

A abertura à comunidade e a vontade em envolver todas as instituições de Guimarães é um desígnio assumido. “É importante percebermos o vosso olhar e a vossa opinião relativamente à forma como deverão ser as reuniões do Conselho Consultivo do próximo ano. Para nós, Município de Guimarães e Estrutura de Missão, é enriquecedor contar convosco, com pessoas de várias instituições do nosso Concelho. Esta diversidade é fundamental. Todos temos um olhar diferente sobre as coisas e só com as diferentes visões se consegue pensar melhor o desenvolvimento sustentável de Guimarães”, referiu a Vereadora do Ambiente, Sofia Ferreira.

Sofia Ferreira lembrou a todos os presentes “o compromisso de reduzir a utilização de plástico” na reunião da Eurocities realizada na passada semana. “Este é um dos desafios que vos colocamos. Temos já muito trabalho em curso, mas temos também a consciência que há muito mais a fazer e por isso estamos abertos às vossas sugestões”, salientou a Vereadora da Câmara de Guimarães.

A Estrutura de Missão Guimarães 2030 é uma plataforma de discussão e reflexão sobre os grandes temas do desenvolvimento sustentável: como Alterações Climáticas e Energia; Natureza, Paisagem e Biodiversidade; Resíduos e Eco-Inovação; Ar e Acústica; Mobilidade Sustentável e Planeamento; Água; Ecocidadania, Ecocultura e Turismo Sustentável; Educação, Desenvolvimento Social e Bem-estar, Ambiente Urbano e Smart City; Comunicação; Relações Internacionais.